RSS

Arquivo da tag: brinquedos

Faça você mesmo – mangueira velha vira brinquedo de cachorro

Já mostrei como fazer brinquedos com garrafa pet (aqui), com o tubo do papel higiênico (aqui) e com roupas velhos e retalhos de tecidos (aqui). Chegou a hora de usar aquela mangueira furada e velha ou aquela do chuveiro que você não usa.

Mundo Cão no Twitter e no Facebook

Existem algumas alternativas:

  • Use um pedacinho de galho para unir as pontas da mangueira, e você terá um circulo para brincar com o cão de ”vai buscar”
  • Frisbie – Usando um pedaço de tecido  é possível fazer um frisbie, ele não fica muito bonito, mas os cães adoram!  Amarre um tecido no “aro”.

Veja no vídeo abaixo como fazer:

Há também a opção de criar uma espécie de ossinho com aquela mangueira de chuveirinho. Basta dar nós nas extremidades.

Leia sobre a importância dos brinquedos para os cães.

Fonte: casinhadafada.blogspot.com.br e caodiario.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de setembro de 2012 em Brinquedos, Faça você mesmo

 

Tags: , ,

Faça você mesmo – use roupas velhas para fazer brinquedos para cães

Sustentabilidade. Uma palavra que tem movido as pessoas a mudanças de hábitos e de consumo. E nessa pegada, pessoas extremamente criativas desenvolveram brinquedos para cães feitos com materiais recicláveis.

Mundo Cão no Twitter e no Facebook

Encontrei algumas opções bem legais feitos com retalhos de tecidos. Roupas furadas, rasgadas e manchadas podem virar brinquedos. Só lave beeem para tirar seu cheiro, porque o cão pode associar esses brinquedos com suas roupas ainda usáveis!

Anota aí e faça você mesmo:

Opção 1 – Usando duas tiras compridas de tecido, faça os nós até o final do tecido, como no vídeo:

Opção 2 – Usando 3 tiras de tecido faça nós na ponta e trance até o final:

Uma ideia também é juntar duas tranças de tecido em uma só com um nó ao meio do brinquedo.

Opção 3 – Se seu cão tem uma bolinha, que já tá bem usada, mordia e caidinha, uma opção é transforma-la em outra bolinha com puxadores usando uma camiseta velha.

Caso não tenha a bolinha, use uma garrafinha PET daquelas de água , envolva na camiseta dandos nós ao redor, e fazendo franjar trançadas ao final:

Opção 4 – Use bolinhas velhas. Fure os dois lados e passe uma corda (aquelas da opção 1) e de um nó. Fica igual aos briquedos vendidos nos pet shops.

Fonte: caodiario.com.br

Veja também:

Como usar garrafa pet para fazer um brinquedo para cachorro.

Tubo de papelão do papel higiênico e do papel toalha vira brinquedo

Leia sobre a importância dos brinquedos para os cães.

 
3 Comentários

Publicado por em 29 de agosto de 2012 em Brinquedos, Dicas, Faça você mesmo

 

Tags: , ,

Faça você mesmo – brinquedo para cachorro feito de papelão

Sabe aqueles tubos de papelão que vêm em papeis higiênicos e papel toalha? Então, ele pode virar brinquedo.

Mundo Cão no Twitter e no Facebook

Amasse a ponta do tubo e coloque a ração dentro dele. Seu cão vai destruir em segundos, mas isso estimulará o faro dele e, o melhor, o peludinho vai trabalhar para comer. É o que eles fazem quando selvagens: caçam!

Veja também:

Brinquedo com garrafa pet (aqui).

Leia sobre a importância dos brinquedos para os cães

 
2 Comentários

Publicado por em 24 de agosto de 2012 em Dicas, Faça você mesmo

 

Tags: ,

Faça você mesmo – brinquedo de garrafa pet para cães

Seu cão precisa se distrair quando você está ausente. Caso contrário, ele vai descarregar sua frustração, sua ansiedade e energia nos móveis e objetos da casa.

Mundo Cão no Twitter e no Facebook

Falei em outro post sobre a importância dos brinquedos e o como escolher o correto para cada cão. Agora, trago um “Faça você mesmo” de brinquedo de garrafa pet. Anota aí:

1- Pegue uma garrafa pet, lave e tire o rótulo
2 -Coloque petiscos bem picadinhos ou a ração dentro e tampe
3 -Faça furos grandes para que o cão sinta o cheiro e consiga tirar a comida da garrafa (assim ele não desiste)
4 -Jogue para ele quando estiver de saída

Ele vai passar o dia tentando pegar as delicinhas de dentro da garrafa e não vai se preocupar em acabar com a casa.

 
16 Comentários

Publicado por em 20 de agosto de 2012 em Brinquedos, Dicas, Faça você mesmo

 

Tags: ,

A importância dos brinquedos para cães

Quando nascem, os cães são como bebês humanos: descobrem cheiros, texturas, sons, sabores, etc. Surge curiosidades e passam a colocar tudo na boca. Mas existe uma diferença grande entre nós e os animais. É que em poucos dias os dentinhos deles já começam a nascer e crescem rapidamente fortes e afiados, prontos para roer.

Siga O Mundo Cão no twitter

Cães não domesticados (selvagens) iniciam a exploração os arredores de onde vive sob supervisão da mãe. Eles testam seus limites medindo forças com seus irmãos e assim decidem sua posição no bando. Através de brincadeiras eles aprimoram suas habilidades de caça, luta, além de exercitar músculos, reflexos, mordidas e resistência.

importância do brinquedo para o cachorroMadona

Já os cães domesticados têm menos espaço e liberdade para tais comportamentos, mas o instinto não muda. Eles vão pular, rosnar, correr sem rumo, atacar móveis malvados, entre outras “loucuras”. Sua família é a matilha dele e suas ações devem ser guiadas pelo líder, caso contrário, ele vai liderar e acabar com tudo.

Foi por isso que criaram brinquedos específicos para os cães. Para que eles tivessem o que atacar sem prejudicar a casa de seus donos ou machucar alguém. Mas fique ligado, porque muitos dos brinquedos encontrados em pet shops são feitos para humanos e não para cães.

Agora que você já sabe sobre a importância dos brinquedos na vida de um cão, veja como escolher o brinquedo certo.

Latoya buscando a bolinha no parqueLatoya

Descartáveis: são aqueles do dia-a-dia. O cão pode morder à vontade, pode estragar  em minutos que não será repreendido. É interessante deixar seu cheiro no brinquedo, pois ele vai sempre procurar um objeto que tenha a sua identidade, assim, seus chinelos, suas roupas, sua bolsa estarão seguros.

Intermediários: são brinquedos que duram mais e os cães até podem estragá-lo, mas não quando você estiver por perto para não perder sua autoridade. Utilize esse brinquedo para educá-lo. Você determina a hora de dar o brinquedo. Você deve repreendê-lo se estiver tentando estragar o objeto. É um ótimo recurso para se estabelecer os limites do que ele pode ou não pode fazer.

Especiais: são aqueles que o cão elege para ser o seu brinquedo mais legal. Assim como as crianças, um objeto preferido, ajuda no desenvolvimento saudável dos cães. Você deve mostrar para ele que está cuidando e protegendo esse brinquedo. Sabendo disso, o cão fica tranquilo e você se torna um líder sensato e querido por ele.

Leve em consideração a idade, temperamento, porte físico do cão e função do brinquedo (segundo o Dr.Pet).

  • Para cães filhotes as melhores opções são mordedores de látex, bolinhas macias e maciças e ossos flexíveis, pois ajudam a aliviar a coceira na gengiva, devido à troca de dentes.
  • Para peludos adultos os proprietários têm uma variedade maior de opções. Osso de nó, de palito e de nylon maciço, mordedores de borracha ou corda e frisbee de látex são usados para distração e brincadeiras no parque.
  • Idosos devem ter uma atenção especial! O brinquedo deve ser macio, como um bicho de pelúcia ou ossos e não pode ser muito pesado para não incomodá-lo. Não deve machucar a gengiva nem exigir muito esforço físico.
  • Para cães tranquilos ou preguiçosos (como a Madona), brinquedos que fazem barulho pode estimular a brincadeira. Já para os agitados, os barulhentos podem deixa-lo ainda mais espoleta.
  • O cachorro que destrói todos os brinquedos (como a Latoya) precisa de bolas e cordas, com materiais mais resistentes – existem varias opções no mercado pet.
  • Se ligue no porte do cão. Os grandões podem engolir brinquedos muito pequenos e os cães menores podem não conseguir pegar a bolinha e outros brinquedos se forem muito grandes.

Observações:

Se você não tem problema em dar garrafa pet para seu cão, deixe as vazias sem rótulos e sem tampas para ele brincar (a Latoya amassa e usa as patinhas da frente para derrapar rs). Outras opções são galões de água vazios e coco verde sem água (para roer). Alguns objetos da sua casa  que você não usa mais podem se tornar brinquedos. Mas se certifique que não há como o cão se machucar ou engolir pecinhas (como a tampa da garrafa pet).

 
1 comentário

Publicado por em 6 de agosto de 2012 em Brinquedos, Comportamento, Dicas

 

Tags: , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: