RSS

Arquivo da categoria: Guia de Raças

GUIA DE RAÇAS – Bull Terrier

Nosso modelo é o Colt, o filhote de 11 meses da leitora Giuliana Worcemann

Mundo Cão no Twitter e no Facebook

Origem: Grã-Bretanha
Data de origem: Século XIX
Esperança de vida: 15 anos
Classificação: Terrier

colt bull terrier filhoteColt com 3 meses

Esse cara de focinho longo tem uma enorme energia e vitalidade. Pra ele, toda hora é de brincadeira. O Bull Terrier é super ligado ao dono e à família e os acompanha em qualquer que seja a atividade.

O cão dessa raça pode se tornar um excelente cão de guarda por serem territorialistas, mas isso pode ser um problema para o convívio com outros cães ou animais. Mas nada que uma interação e socialização desde filhote não resolva.

Outras características da raça: teimoso e desobediente, atleta e paciente com crianças. No ranking de inteligência de raças, o Bull Terrier aparece na 66ª posição.

O bull terrier pode atingir de 53 a 56cm de altura e pesar de 24 a 28kg. É um cão considerado de porte grande.

bull-terrier filhote colt

A surdez é um dos principais problemas da raça. Se perceber que ele não responde aos seus chamados, procure um veterinário e acostume-o com sinais, mas não desista dos comandos.

SE VOCÊ TEM UM CÃOZINHO LINDO E FOFO, MANDE FOTOS DELE (COM O NOME E RAÇA) PARA PARA MIM. QUEM SABE SEU PELUDINHO NÃO SERÁ O MODELO DA RAÇA DELE.

Lembre-se cada cão é individual e pode não corresponder às características comuns da raça. Veja o Guia de Raças completo.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de agosto de 2012 em Guia de Raças

 

Tags: , , ,

GUIA DE RAÇAS – Golden Retriver

O modelo lindo é o Paco, o filhote do Kadu Pedreira, sócio-diretor da All In.

Siga O Mundo Cão no twitter

Golden Retriver

origem: Reino Unido
data de origem: Século XIX
esperança de vida: 9 a 15 anos
classificação: Cães de água, levantadores e retrievers

Guia de raças - Golden Paco filhote

Esse peludinho de caça é alegre, brincalhão, ágil, forte e de movimentos leves. Ele é dócil e manso. É inteligente (uma das 10 raças mais inteligentes) e obediente, por isso é de fácil adestramento. Perfeitos para crianças, pois são amáveis e pacientes.

A pelagem é lisa ou ondulada e suas franjinhas são marca registrada nos cães da raça. As cores variam nas tonalidades de ouro e creme e em alguns a pelagem do peito pode ser branca. O pelo deve ser escovado entre 3 e 4 vezes por semana e os banhos podem ser quinzenais.

O Golden macho fica com altura entre 56 e 61 cm e a fêmea, 51 a 56 cm. O peso ideal para machos deve estar entre 29,5 e 33,7 kg. Já as meninas, de 25 a 29,5 kg

Guia de Raças - Golden Paco filhote

Fique atento à saúde do seu Golden, já que a raça é propensa a desenvolver doenças e malformações. A displasia da anca e as doenças genéticas que afetam a visão (como cataratas ou atrofia progressiva da retina), infelizmente registam alguma frequência. Também é importante estar atento a alergias de pele.

É importante levar o cão para caminhar ou fazer exercício física de uma a duas horas por dia.

SE VOCÊ TEM UM CÃOZINHO LINDO E FOFO, MANDE FOTOS DELE (COM O NOME E RAÇA) PARA PARA MIM. QUEM SABE SEU PELUDINHO NÃO SERÁ O MODELO DA RAÇA DELE.

Veja o Guia de Raças completo.

 
2 Comentários

Publicado por em 5 de janeiro de 2012 em Guia de Raças

 

Tags: , , ,

GUIA DE RAÇAS – Pinscher

Nosso modelo é o Mike, o pinscher da minha tia Sandra e sua família.

Siga O Mundo Cão no twitter

Pinscher

origem: Alemanha
data de origem: século XVIII
esperança de vida: 13 a 14 anos

Guia de Raças - Pinscher

A raça pequena, magrela e de pelos curtos pode variar entre marrons, pretos com manchas marrons e brancos com manchas pretas e marrons (são os mais comuns). A Altura média é de 25 a 30 cm e pesam entre 3 a 5kg.

Eles são ousados e corajosos, além de curiosos e apegados. São leais e inteligentes Os pequenos costumam latir para estranhos e têm instinto de cão de guarda (não ria). O bom é que eles são ótimos para apartamentos e casa sem quintal.

Cuidado com a quantidade de comida, porque eles tendem a comer mais que o necessário e podem se tornar obesos.

É importante sociabilizar e treinar o pinscher, pois ele pode ser agressivo em alguns momentos. Inclusive com cães maiores que eles.

pinscher mike

De olho na saúde: Algumas preocupações médicas comuns são a síndrome de Legg-Calvé-Perthes, problemas visuais, hipotireoidismo e problemas cardíacos. Também tem tendência para desenvolver dupla dentição.

Importante – Não dê muitos banhos. Um por mês é o suficiente, pois a oleosidade natural e protetora da pele acaba sendo removida.

SE VOCÊ TEM UM CÃOZINHO LINDO E FOFO, MANDE UMA FOTO DELE (COM O NOME DELE, O SEU E A RAÇA) PARA PARA MIM. QUEM SABE ELE NÃO SERÁ O MODELO DA RAÇA DELE.

Veja o Guia de Raças completo.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de dezembro de 2011 em Guia de Raças, Raças

 

Tags: , ,

GUIA DE RAÇAS – Bulldog Inglês

Nosso modelo é o Dub, o fofo e delicioso bulldog inglês da minha querida amiga Carol Buzzerio.

Siga O Mundo Cão no twitter

Bulldog Inglês

Origem: Grã-Bretanha
Data de origem: Século XIII
Esperança de vida: 10 anos
Classificação: Raças não Desportivas

Bulldog DubDub, fofo e lindo

Essa raça tem uma imagem de cão forte, determinado e é fiel, corajoso e confiável. O passado do animal não o condena. Apesar de ter um histórico de violento, o bulldog é dócil, afetuoso e ótimo para quem tem crianças e tem um apetite enorme.

Ele tem carinha engraçada e coração mole, mesmo tendo aspecto parrudo. É preguiçoso e raramente perde a paciência.

O Bulldog Inglês tem estatura pequena e pesa entre 22 a 25 Kg em caso de machos e fêmeas, entre 18 a 22Kg. A pelagem é curta e macia e as suas cores variam entre o branco, o fulvo-claro, vermelho ou castanho escuro e diferentes tipos de malhados. Eles têm um cabeção rs. O crânio é grande, largo e a testa é ligeiramente achatada.

Aquelas ruguinhas deliciosas que o bulldog inglês tem são causadas por causa da pele da cabeça, que é fina e macia.

Há possibilidade de contrair infecções nos olhos e na boca, por isso exige algum cuidado e atenção com a higiene destas áreas.

Bulldog Dub

Dub

Em relação à saúde, existe uma certa vulnerabilidade para desenvolver assaduras e dermatites e problemas de joelhos e nas ancas. A raça é sensível a temperaturas extremas e tem uma esperança média de vida de 10 anos (tomara que o Dub viva muiiito mais).

Como possui um aparelho digestivo bastante ativo, é bom que ele seja submetido a algum exercício para evitar obesidade. Limpar as pregas de pele no pescoço e no focinho com água e sabão neutro é recomendável.

SE VOCÊ TEM UM CÃOZINHO LINDO E FOFO, MANDE UMA FOTO DELE (COM O NOME DELE, O SEU E A RAÇA) PARA PARA MIM. QUEM SABE ELE NÃO SERÁ O MODELO DA RAÇA DELE.

Veja o Guia de Raças completo.

 
2 Comentários

Publicado por em 20 de dezembro de 2011 em Guia de Raças

 

Tags: , ,

GUIA DE RAÇAS – Dálmata

A raça da vez é o pintadinho dálmata, que fez sucesso quando o filme 101 Dálmatas foi lançado. Nossa modelo da vez é a Latoya, nossa bebê de 3 meses.

Siga O Mundo Cão no twitter

Dálmata

origem: Croácia
data de origem: Antiguidade
esperança de vida: 10 a 12 anos
classificação: Cães de Levante e Corso – Raças semelhantes

Guia de Raças - Dalmata

A pelagem é bem típica. Nenhuma outra raça tem aquelas manchinhas pretas sobre pelos brancos. Isso faz com que o dálmata seja uma das raças mais admiradas do mundo. A cor das manchas pode variar para castanho fígado. Quanto mais pintinhas, melhor.

Companheiro e leal, o pintadinho é muito inteligente e aprende bem rápido aos comandos. Já foi usado como cão de caça, pois o olfato é bastante apurado.

Os machos da raça medem entre 55 e 60 cm e pesam cerca de 25kg. Já fêmeas chegam a 55cm e a 22,5 kg.

guia de raças - dalmata

Criados para acompanhar cavalos, dálmatas são velozes e resistentes. A um ritmo moderado conseguem correr um dia inteiro. Por isso, o nível de exercício diário deve ser bem alto. Passeio, subir e descer escadas, saltar, equilibrar-se em ambientes escorregadios. Tudo isso pode ser interessante no dia a dia do dálmata.

Dica: quando adulto, por causa do instinto de caça, os cães da raça tendem a distrair-se com cheiros e trilhos e isso pode fazê-lo se perder do dono.

SE VOCÊ TEM UM CÃOZINHO LINDO E FOFO, MANDE UMA FOTO DELE (COM O NOME DELE, O SEU E A RAÇA) PARA PARA MIM. QUEM SABE ELE NÃO SERÁ O MODELO DA RAÇA DELE.

Veja o Guia de Raças completo.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de dezembro de 2011 em Guia de Raças, Raças

 

Tags: ,

GUIA DE RAÇAS: São Bernardo

Vou criar aqui um Guia de Raças, que irá constar informações, dicas e curiosidades sobre as diferentes raças de cães. Vou estrear essa categoria falando sobre o são bernardo, claro. Uma espécie de homenagem à nossa Madona. Vamos ao que interessa:

Siga O Mundo Cão no twitter

São Bernardo

origem: Suíça
data de origem: Século XVII
esperança de vida: 10 anos
classificação: Molossóides – Tipo Montanha

Além de ser ótima companhia, o são bernardo é considerado um cão de guarda, que pelo seu tamanho e latido forte já assusta o intruso, e de salvamento. A raça se dá muito bem com crianças (mas cuidado, porque na hora de brincar ele pode machucar o pequeno) e é muito fiel à sua família. É bem tranquilo e brincalhão.

Quem escolhe ter um são bernardo em casa deve levar em consideração alguns pontos importantes, como o espaço, por exemplo. O cão dessa raça necessita de exercícios e uma boa caminhada é sempre bem-vinda.

O gasto com um são bernardo é bem maior que com cães menores. A ração oferecida a ele não pode ser qualquer uma e a específica é bastante cara. Recomenda-se rações premium e super premium (veja aqui a diferença), pois a raça tende a ser muito grande e pesada e se não for bem alimentado a pata de trás pode travar e o cão não terá uma vida comum aos demais cachorros. O banho no pet shop é bem mais caro, vacinas são mais caras, remédios são bem mais caros, porque é tudo baseado no peso do cão. Mas vale a pena.

O macho chega a uma altura de 70 cm e fêmeas, 65. Os machos de pelo curto chegam a pesar 75 kg e de pelo longo pesam entre 80 e 100 kg. Já as fêmeas de pelo curto pesam cerca de 65 kg, enquanto os exemplares de pelo longo pesam até 85 kg.

O cuidado com a saúde e a higiene desses gigantes é muito importante. A raça é bem saudável, mas pode apresentar alguma incidência de displasia da anca. Outros problemas comuns são: cardíacos, torção do estômago e problemas de pele. Certifique-se da saúde dos pais, pois existem doenças genéticas.

O pelo do São Bernardo é fácil de pentear. Por ter pelo comprido requer alguns cuidados especiais. Deve-se escovar frequentemente a pelagem com pente de dentes largos e uma escova dura, pelo menos dia sim, outro não.

Tome mais cuidado nos dias quentes. No Verão, o cão deve ter sempre sombra à disposição e água fresca, muita água fresca. Nesta altura não deve ser demasiadamente exercitado e procure fazer isso no final da tarde ou começo de noite.

O controle da alimentação é imprescindível, pois a raça tem tendência à obesidade.

raça são bernardo

Mito: o são bernardo não baba o dia inteiro. Na verdade ele é mais babão que outras raças, porém esse excesso de saliva acontece quando o cão está cansado, quando come ou quando bebe água. Para evitar ficar babado, evite o cão nessas horas e quando passear, leve uma toalhinha, pois ele sempre deixa sua marca nas pessoas que vão brincar com ele na rua. Falo isso por experiência própria, né, Madona?

SE VOCÊ TEM UM CÃOZINHO LINDO E FOFO, MANDE UMA FOTO DELE (COM O NOME DELE, O SEU E A RAÇA) PARA PARA MIM. QUEM SABE ELE NÃO SERÁ O MODELO DA RAÇA DELE.

 
7 Comentários

Publicado por em 26 de novembro de 2011 em Guia de Raças, Raças

 

Tags: , ,

 
%d blogueiros gostam disto: