RSS

Arquivo da categoria: Raças

GUIA DE RAÇAS – Bull Terrier

Nosso modelo é o Colt, o filhote de 11 meses da leitora Giuliana Worcemann

Mundo Cão no Twitter e no Facebook

Origem: Grã-Bretanha
Data de origem: Século XIX
Esperança de vida: 15 anos
Classificação: Terrier

colt bull terrier filhoteColt com 3 meses

Esse cara de focinho longo tem uma enorme energia e vitalidade. Pra ele, toda hora é de brincadeira. O Bull Terrier é super ligado ao dono e à família e os acompanha em qualquer que seja a atividade.

O cão dessa raça pode se tornar um excelente cão de guarda por serem territorialistas, mas isso pode ser um problema para o convívio com outros cães ou animais. Mas nada que uma interação e socialização desde filhote não resolva.

Outras características da raça: teimoso e desobediente, atleta e paciente com crianças. No ranking de inteligência de raças, o Bull Terrier aparece na 66ª posição.

O bull terrier pode atingir de 53 a 56cm de altura e pesar de 24 a 28kg. É um cão considerado de porte grande.

bull-terrier filhote colt

A surdez é um dos principais problemas da raça. Se perceber que ele não responde aos seus chamados, procure um veterinário e acostume-o com sinais, mas não desista dos comandos.

SE VOCÊ TEM UM CÃOZINHO LINDO E FOFO, MANDE FOTOS DELE (COM O NOME E RAÇA) PARA PARA MIM. QUEM SABE SEU PELUDINHO NÃO SERÁ O MODELO DA RAÇA DELE.

Lembre-se cada cão é individual e pode não corresponder às características comuns da raça. Veja o Guia de Raças completo.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de agosto de 2012 em Guia de Raças

 

Tags: , , ,

O que é pedigree?

O pedigree ou Certificado de Registro Genealógico é um documento parecido com o certificado de garantia de um produto. É considerado uma certidão de nascimento, além de um certificado de pureza racial. Ele garante a procedência do animal.

Mundo Cão no Twitter e no Facebookbeagle

Nesse documento ficam registrados o nome, data de nascimento, raça, cor, sexo além de toda a árvore genealógica e todos os títulos de campeão e similares que estes cães tenham conquistado.

Para o proprietário que adquire o cão, o pedigree se torna uma segurança, pois na ficha do animal também constam a Entidade Cinófila que o cadastrou, o cadastro do criador e todo seu histórico de criação. Além disso, todas as garantias passadas pelo criador e o certificado da entidade são amparadas pelo Código de Defesa do Consumidor em caso de falsidade.

Fique de olho, pois no Brasil criou-se um mito de que o pedigree encarece o filhote. O criador que diz isto é desonesto e falam isso para o comprador para que eles realmente não queiram o pedigree. Isso acontece porque o criador ou não tem o pedigree dos pais, e não pode registrar o filhote; ou porque ao registrar, ele assume a responsabilidade de estar vendendo um cão de raça pura e, muitas vezes, os cães são mestiços. O custo de um pedigree na SOBRACI é de R$ 28,00 (Vinte e oito Reais) por filhote até 90 dias, ou seja, um preço que, com certeza, qualquer comprador pagaria na hora da compra para obter a garantia de raça pura.

Mas, o mais importante é que INDEPENDENTE DE PEDIGREE, RAÇA, IDADE, PROCEDÊNCIA… SEU CÃO SERÁ SEMPRE FIEL, COMPANHEIRO E TE AMARÁ TODOS OS DIAS INCONDICIONALMENTE, ALÉM DE MERECER OS MELHORES CUIDADOS.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de agosto de 2012 em Raças, Sem categoria

 

Tags: ,

A inteligência dos cães – ranking de raças

Existem raças mais inteligentes que outras e, de acordo com Stanley Coren, a inteligência dos cães pode ser medida com relação à sua obediência e ao seu trabalho. Coren, que é autor do livro “A inteligência dos Cães” da editora Ediouro, dividiu os peludinhos em 6 grupos da seguinte maneira:

Siga O Mundo Cão no twitter

  • Graduação de 1 a 10 – Melhores cães em termos de inteligência e obediência para o trabalho.
  • Graduação de 11 a 26 – Excelentes cães de trabalho. Treinamentos de simples comandos assimilados após 5 a 15 repetições.
  • Graduação de 27 a 39 – Cães de trabalho acima da média. Assimilam o comando após 15 a 20 repetições.
  • Graduação de 40 a 54 – Obediência e trabalho intermediários. Assimilam um comando após 25 a 40 repetições.
  • Graduação de 55 a 69 – Capacidade de obediência e trabalho razoáveis. Assimilam um comando após 40 a 80 repetições.
  • Graduação de 70 a 79 – São raças muito difíceis de assimilar um comando, necessitando de mais de 100 repetições.a raça mais inteligente

Esta é a classificação de Coren:

inteligência dos cães

inteligência dos cãesPara a elaboração do livro, Coren criou um questionário, respondido por juízes norte-americanos e canadenses especializados em provas de obediência. Foram avaliadas 133 raças e listadas em 79 posições por 208 juízes, entre os quais 199 responderam completamente as perguntas. Para o autor foi importante ainda ressaltar que o livro não trata da chamada inteligência instintiva destes animais.

 
33 Comentários

Publicado por em 19 de julho de 2012 em Raças

 

Tags: , , ,

Convivência entre cães e crianças – as raças mais e menos indicadas

A convivência entre cães e crianças pequenas nem sempre dá certo. Os humaninhos não sabem brincar, não têm limite com o cachorro, que acaba fugindo, se escondendo, rosnando e até mordendo a criança. Puxões no pelo, tapas, apertões e beliscões são os principais motivos que levam essa relação a dar errado.

são bernardo raça criança

Siga O Mundo Cão no twitter

Apenas depois dos 10 anos é que a criança consegue compreender totalmente os cuidados que os cães precisam. Crianças menores de 3 anos não associam cães com seres vivos; é como uma pelúcia.

Existem algumas formas de evitar o pior, que é o ataque do cão à criança (num outro post falarei disso), mas há raças mais adequadas para conviver com os pequenos. São raças mais pacientes, suportam melhor a convivência com crianças e até mesmo os abusos por parte delas.

Bom, os cães de maior porte, por incrível que pareça, são mais tolerantes ao “sofrimento” causado pela criança, por outro lado, cães grandes até os dois anos de idade são atrapalhados e, mesmo sem ter intenção, pode acabar machucando a criança.

Vamos às raças mais apropriadas para crianças menores de 10 anos:

American Staffordshire Terrier – Mesmo tendo fama de valentão, este cão tende a ser agressivo apenas com outros cães, sendo totalmente leal à família e extremamente dócil com o terrorzinho dos cães: a criança!

Antigo Cão de Pastor Inglês (Bobtail) – Conhecido por cuidas das crianças, são muito tolerantes e calmos.

Beagle e outros cães de levante e corso (hounds), tais como o Bloodhound, o Harrier, Irish Wolfhound e o American Foxhound – São brincalhões e tolerantes, mas bastante enérgicos. Não são indicados pra serem criados em apartamento.

Boxer – Um cão de guarda, que protege a família e lida muito bem com os mais novos.

Poodle Grande – Os poodles de porte menor são nervosos e reativos, o que não acontece com o tipo grande da raça, que é uma ótima opção para famílias com crianças.

Cão de Água Português – Ativo e elegante, é um cão tolerante com as crianças.

Collie e Bearded Collie – São bastante pacientes com crianças.

Golden, Labrador e Retriever de Pêlo Liso – Dóceis, tolerantes e pacientes. O Labrador é, contudo, bastante trapalhão e excitável enquanto não atingir a idade adulta e pode ser necessário mais algum cuidado na vigilância das brincadeiras.

Bichon Havanês – É um cão de colo, pequeno e de apartamento, mas aceita bem crianças na família.

Hovawart, Terra Nova – São cães muito calmos e sossegados. Aturam as maiores travessuras, mas são bastante trapalhões enquanto pequenos e pode ser um desafio tentar fazer com que tenham cuidado com os movimentos.

São Bernardo – Conhecido como o cão-babá, essa é uma raça muito tranquila, mas estabanada. É preciso muito cuidado até que o cão complete 2 anos.

Mastiff – Um poderoso guarda, mas um gentil gigante com a família. Necessita , contudo, de uma forte socialização por ter temperamento forte e liderança e não deve ser cão para donos inexperientes.

Pug – Pequeno e cão de apartamento, que foge ao estereótipo dos cães pequenos e nervosos. É paciente, mas pode ser demasiado frágil para as crianças mais brutas.

Outras raças indicadas

Estas raças são também indicadas para conviverem com crianças, pois têm ainda uma elevada tolerância a abusos, mas não mostram um comportamento tão paciente assim. Mesmo assim, se adequam perfeitamente num ambiente familiar, especialmente se lidarem com crianças maiores.

  • Basset Hound
  • Bichon Frise
  • Boston Terrier
  • Boulldog Francês
  • Bulldog
  • Bull Terrier
  • Cão da Serra de Aires
  • Cocker Spaniel Inglês e Americano
  • Dálmata
  • Lulu da Pomerânia
  • Pastor Alemão
  • Podengo Português Médio
  • Schnauzer Grande
  • Setter Inglês
  • Shar Pei
  • Cocker Spaniel Inglês e Americano

Mesmo que essas raças sejam mais indicadas para conviver com crianças, a supervisão de um adulto é sempre a melhor forma de evitar acidentes e problemas. Ambas as partes necessitam de segurança.

Vamos às raças não indicadasraças não indicadas para crianças

Esses cães não curtem de ser tratados de forma bruta ou de serem constantemente assediados pelas crianças. Não são tão pacientes. Além disso, crianças podem machucar de verdade algumas dessas raças poe serem pequenas demais.

  • Alaskan Malamute
  • Poodle Médio, Anão ou Toy
  • Chihuahua
  • Chinese Crested Dog
  • Chow Chow
  • Jack Russell Terrier
  • Llhasa Apso
  • Pequinês
  • Pinscher Miniatura
  • Saluki
  • Schnauzer Miniatura
  • Tibetan Terrier
  • Weimaraner
  • Yorkshire Terrier

Crianças e cães podem ser educados ao convívio, possibilitando a interação de raças menos indicadas com crianças. Basta mostrar limites aos dois.

Cada cão é único e pode não corresponder às características da raça.

 
17 Comentários

Publicado por em 18 de julho de 2012 em Raças

 

Tags: , ,

Raças para quem é muito ocupado

Estou de volta! TCC finalizado e gravações de Missão Pet também, me darão mais tempo para o blog (espero!).

Há um post aqui no Mundo Cão que falo sobre cães que ficam muito tempo sozinhos (veja aqui) e uma pessoa comentou que vai morar sozinha e que queria um cão, mas não terá muito tempo para ele por causa do trabalho. Aí pensei em fazer um post sobre raças ideais para pessoas muito ocupadas. Fiz uma pesquisa e aí está o resultado:

Siga O Mundo Cão no twitter

raças para quem é muito ocupado

Se você trabalha, estuda e possui uma agenda muito cheia mas quer um amigão peludo, você deve escolher raças mais independentes, que irão sofrer bem menos com a sua ausência.

Raças como West Terrier, Shih-tzu e Lhasa Apso são algumas indicações. Outros especialistas afirmam que Afghan Hounds, Bulterrier, Akita, Malamute-do-Alasca, Borzoi, Chow-chow, Pug e Shapei também são opções para quem está sempre na correria.

Estude bem essas raças e pense nos demais pontos antes de adquirir um cão: se mora em apartamento, se tem crianças e outros fatores relevantes do seu estilo de vida são importantes antes de ter um peludinho.

raças para quem é muito ocupado

Lembrando que, mesmo que sejam mais independentes que outras raças, esses cães adoram companhia e se apegam ao dono. E outra, cada cão é único e pode não corresponder as características da raça. Fora que a criação conta muito: nada de adulação excessiva quando você estiver com ele, nada de fazer festa quando chegar em casa e muitas técnicas para ele se divertir quando estiver só.

Ame seu cão, cuide dele e deixe-o ensinar coisas novas para você. Visite sempre o blog, receba dicas e informações e viva melhor ao lado do seu peludinho =D

 
16 Comentários

Publicado por em 2 de julho de 2012 em Comportamento, Dicas, Raças

 

Tags: , , , , , , , , , , , ,

GUIA DE RAÇAS – Golden Retriver

O modelo lindo é o Paco, o filhote do Kadu Pedreira, sócio-diretor da All In.

Siga O Mundo Cão no twitter

Golden Retriver

origem: Reino Unido
data de origem: Século XIX
esperança de vida: 9 a 15 anos
classificação: Cães de água, levantadores e retrievers

Guia de raças - Golden Paco filhote

Esse peludinho de caça é alegre, brincalhão, ágil, forte e de movimentos leves. Ele é dócil e manso. É inteligente (uma das 10 raças mais inteligentes) e obediente, por isso é de fácil adestramento. Perfeitos para crianças, pois são amáveis e pacientes.

A pelagem é lisa ou ondulada e suas franjinhas são marca registrada nos cães da raça. As cores variam nas tonalidades de ouro e creme e em alguns a pelagem do peito pode ser branca. O pelo deve ser escovado entre 3 e 4 vezes por semana e os banhos podem ser quinzenais.

O Golden macho fica com altura entre 56 e 61 cm e a fêmea, 51 a 56 cm. O peso ideal para machos deve estar entre 29,5 e 33,7 kg. Já as meninas, de 25 a 29,5 kg

Guia de Raças - Golden Paco filhote

Fique atento à saúde do seu Golden, já que a raça é propensa a desenvolver doenças e malformações. A displasia da anca e as doenças genéticas que afetam a visão (como cataratas ou atrofia progressiva da retina), infelizmente registam alguma frequência. Também é importante estar atento a alergias de pele.

É importante levar o cão para caminhar ou fazer exercício física de uma a duas horas por dia.

SE VOCÊ TEM UM CÃOZINHO LINDO E FOFO, MANDE FOTOS DELE (COM O NOME E RAÇA) PARA PARA MIM. QUEM SABE SEU PELUDINHO NÃO SERÁ O MODELO DA RAÇA DELE.

Veja o Guia de Raças completo.

 
2 Comentários

Publicado por em 5 de janeiro de 2012 em Guia de Raças

 

Tags: , , ,

GUIA DE RAÇAS – Pinscher

Nosso modelo é o Mike, o pinscher da minha tia Sandra e sua família.

Siga O Mundo Cão no twitter

Pinscher

origem: Alemanha
data de origem: século XVIII
esperança de vida: 13 a 14 anos

Guia de Raças - Pinscher

A raça pequena, magrela e de pelos curtos pode variar entre marrons, pretos com manchas marrons e brancos com manchas pretas e marrons (são os mais comuns). A Altura média é de 25 a 30 cm e pesam entre 3 a 5kg.

Eles são ousados e corajosos, além de curiosos e apegados. São leais e inteligentes Os pequenos costumam latir para estranhos e têm instinto de cão de guarda (não ria). O bom é que eles são ótimos para apartamentos e casa sem quintal.

Cuidado com a quantidade de comida, porque eles tendem a comer mais que o necessário e podem se tornar obesos.

É importante sociabilizar e treinar o pinscher, pois ele pode ser agressivo em alguns momentos. Inclusive com cães maiores que eles.

pinscher mike

De olho na saúde: Algumas preocupações médicas comuns são a síndrome de Legg-Calvé-Perthes, problemas visuais, hipotireoidismo e problemas cardíacos. Também tem tendência para desenvolver dupla dentição.

Importante – Não dê muitos banhos. Um por mês é o suficiente, pois a oleosidade natural e protetora da pele acaba sendo removida.

SE VOCÊ TEM UM CÃOZINHO LINDO E FOFO, MANDE UMA FOTO DELE (COM O NOME DELE, O SEU E A RAÇA) PARA PARA MIM. QUEM SABE ELE NÃO SERÁ O MODELO DA RAÇA DELE.

Veja o Guia de Raças completo.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de dezembro de 2011 em Guia de Raças, Raças

 

Tags: , ,

 
%d blogueiros gostam disto: