RSS

Arquivo da categoria: Ração

Promoção da Premier Pet

Isso NÃO é publieditorial. Posto aqui porque acho útil e a Premier é uma das melhores marcas de ração do mercado. A Latoya come a Golden e adora.

Siga O Mundo Cão no twitter

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de novembro de 2011 em Dicas, Ração

 

Tags: , ,

Qual tipo de ração escolher

Na hora de escolher a ração do seu cachorro muita gente leva em consideração o preço. Ele é muito importante, mas não pode ser o único fator que influência a nossa escolha. Rações são preparadas de forma balanceada, inclusive para cada raça.

Siga O Mundo Cão no twitter

Existem muitas marcas de ração que são muito mais baratas, mas que possui sal e corante, o que dificultam a absorção dos nutrientes e provocam problemas urinários, além de gerar mais fezes.

As veterinárias Keila Regina de Godoy, Fernanda Marquez e Luciana de Oliveira deram dicas no M de Mulher para que possamos escolher a ração adequada para o nosso amigão.

Cachorra prenhe: durante a gestação e a amamentação, fêmeas precisam de reforço de energia e proteínas. Alimente a mamãe com ração de filhote, rica em gordura e minerais.

Filhote: até os 45 dias de vida, os cachorrinhos só precisam de leite materno. Após esse período, a ração especial para filhotes ajuda a deixá-los mais resistentes a doenças e fornece nutrientes para o bom desenvolvimento dos ossos e músculos. Umedeça os grãos em água morna.

Cão órfão: cachorrinhos sem mãe podem ser alimentados com um substituto do leite materno, comprado em pet shop ou preparado em casa mesmo. Não dê leite de vaca: ele é muito fraco para os filhotes.

Cachorro adulto: Animais de pequeno e médio porte viram adultos com 1 ano. Já os cães de grande porte se tornam adultos só aos 16 meses. Nessa fase, a ração precisa ser mais light para o bichinho não engordar. Considere também características como raça e quantidade de atividade física.

Cão idoso: cães de grande porte viram vovôs aos 7 anos, os pequenos aos 10 e médio porte entre 7 e 12 anos. Como os cachorros mais velhos tendem a engordar, a ração deles tem poucas calorias. Eles precisam de ingredientes que fortaleçam a imunidade, retardem o envelhecimento, previnam alterações articulares e deem uma força extra ao intestino.

Cachorro obeso: um bicho é obeso quando seu peso está 20% ou mais acima do ideal. Como o excesso de pneuzinhos provoca outras doenças, inclusive câncer, a dieta deve conter mais fibras e menos gorduras e calorias. E faça o danado se exercitar.

Cãozinho doente do trato urinário: cães de pequeno porte têm predisposição à formação de cálculos urinários. Para evitar o problema, a acidez da urina é controlada com proteínas e minerais. Vale a pena incentivar o consumo de líquidos, mantendo a água do pote sempre fresca.

Fonte: M de Mulher

 
3 Comentários

Publicado por em 17 de novembro de 2011 em Dicas, Ração

 

Tags: ,

Ração para cães idosos

Cães idosos têm necessidades nutricionais e calóricas diferentes de cães adultos, por causa do metabolismo lento.

Siga O Mundo Cão no twitter

A ração oferecida para os “ancicães” (cães anciões) geralmente têm alto nível de glucosamina, ácido condroitinossulfúrico e hidrocloreto com o objetivo de aliviar a dor provocada pela artrite, promover a mobilidade, combater e reduzir o desgaste e inflamações das articulações. Na ração dos velhinhos também deve ter níveis mais elevados de Omega 3 e 6, que dão vitalidade à pele e ao pelo, já não tão brilhantes como antes.

Menos gorduras e menos calorias para evitar que seu amigão fique obeso, pois eles têm essa temdencia, já que cai bastante o grau de atividades. Se você continuar dando ração para cães adultos, diminua a dosagem para ter seu peludo mais tempo perto de você.

Converse com seu veterinário para encontrar a melhor ração pra o seu cão da terceira idade.

 
2 Comentários

Publicado por em 20 de setembro de 2011 em Ração

 

Tags: , , , ,

Como escolher a ração do seu amigão

Cada raça exige um tipo de ração, pois elas são feitas com as vitaminas que eles precisam especificamente, além a importância do tamanho de cada grão. Mas no geral, existem inúmeras marcas no mercado que garantem a qualidade de vida do seu cão.

Siga O Mundo Cão no twitter

O veterinário poderá te auxiliar na escolha da ração correta, baseado na rotina do animal, no seu estilo de vida e do poder aquisitivo do seu dono. As rações são divididas em quatros categorias, diferenciadas pela qualidade da matéria-prima e da proteína usada na produção do alimento: populares (econômicas), standard (intermediárias), Premium e super Premium.

Rações Standart – elas são balanceadas, mas sua qualidade é inferior. Os cães acabam tendo que ingerir um grande volume do alimento para receber os nutrientes necessários para sua raça. Custam bem menos que a ração Premium.

Rações Premium – o nível de balanceamento é ideal, mas a quantidade proteína vegetal é mais utilizada na sua fabricação. Isso faz o custo cair um pouco e o volume ingerido para nutrir seu amigão é ideal

Rações Super Premium – é a mais balanceda e tem a mais ideal composição. Formuladas 100% com proteína animal, o que melhora a digestão do cão. Os preços são mais elevados, mas a qualidade nutricional é enorme e a quantidade ingerida é menor.

Observar as fezes do cachorro ajuda a saber se a ração que você está dando é boa ou não. As melhores rações têm maior absorção e reduzem a quantidade de fezes. Ou seja, muita sujeirinha pode significar menor absorção e qualidade baixa de ração.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de setembro de 2011 em Ração

 

Tags: , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: