RSS

Arquivo da categoria: Passeio

Como ensinar seu cachorro a se exercitar na esteira

Não existem desculpas para não exercitar seu cão. Já falei em milhões de posts sobre a importância do passeio, inclusive falei sobre o trabalho dos Dog Walkers. Você pode dizer que não tem tempo para passear ou que não tem grana pra pagar alguém que faça isso por você, mas tenho mais uma solução pra te oferecer: a esteira empoeirada e parada na sua casa.

Mundo Cão no Twitter e no Facebook

como ensinar seu cão a andar na esteira

Se você é dessas pessoas que compram uma esteira pra se exercitar, usam por um mês no maior pique e depois deixam a coitada encostada em qualquer lugar, saiba que seu investimento não foi em vão.

Enquanto você assiste a novela das 8, passa roupa, faz janta, ajuda seu filho no dever de casa, seu cachorro pode gastar as energias na esteira de casa. Isso não substitui o passeio, mas ajuda a desestressar e descarregar a tensão do cão.

Além disso, a esteira é indicada para:

– animais obesos;
– animais confinados em hotéis ou canis;
– reabilitação pós-operatoria ou de membros lesionados;
– treinamento para competições ou exposições desde de filhotes.

Como ensinar seu cão a usar a esteira

Primeiro, coloque-o na esteira de forma bem feliz, com o apoio de petisco ou brinquedo. Comece bem devagar, para ele se acostumar. Continue dando petiscos e elogiando-o, para que ele se sinta confiante e orgulhoso.

Aos poucos, vá aumentando a velocidade. Você conhece seu cão, se ele for um beagle ou um dálmata, certamente irá aguentar uma velocidade que o faça correr. Já se for um bulldog, a velocidade deve ser bem reduzida, por causa da dificuldade de respiração.

Antes de parar, vá diminuindo gradativamente, para que ele não se sinta tonto. Depois de algumas semanas de exercício nem será mais necessário essa gradação, porque ele já terá se acostumado.

Por favor, não deixe de passear com seu cão, pois ele se sente feliz em ver coisas novas. Cheirar, correr, conhecer outros cães e pessoas é muito importante para a felicidade plena dele.

Veja os posts sobre Passeios

 
1 comentário

Publicado por em 15 de agosto de 2012 em Dicas, Passeio

 

Tags: , , ,

Dog Walkers, a solução dos seus problemas

Fiz um post sobre cães perfeitos para quem é muito ocupado. Esse post também é direcionado pra galera da agenda cheia. Mas é também pra idosos e pra quem vai viajar e deixar o cão em casa.

Siga O Mundo Cão no twitter

Escolher uma raça mais independente não te livra de certas obrigações com o cão, como passear, por exemplo (veja a importância do passeio). Em algum momento do dia você terá de se dedicar ao seu peludinho. Foi da junção dessa necessidade canina de se exercitar e da rotina cheia das pessoas que surgiu uma profissão: o Dog Walker, ou Passeadores de Cães.passeadores de cães

Quando o cão não gasta sua energia, ele rasga papeis, come sofá, rói móveis e destrói tudo o que vê pela frente. Além disso, esse acúmulo pode gerar uma ansiedade, que aumenta a intensidade dos estragos feitos pelo cão. Isso não será resolvido com passeios de fins de semana, mas sim com longas caminhadas diárias e brincadeiras.

É aí que os Dog Walkers entram. São pessoas preparadas para levar cães para passear e se divertir todos os dias. O profissional pode levar apenas o seu cão ou levar vários juntos, que é muito legal para o animal. Conviver com outros peludinhos só faz bem, socializa, deixa o cão feliz e é saudável.

Por que é bom?

– Estimula os sentidos: olfato, visão e audição.

– Desenvolve força e musculatura, deixando o cão mais saudável e menos vulnerável.

– Socializa o cão, pois ele irá conviver com pessoas e outros peludinhos.

– Gasta a energia acumulada do animal, fazendo com que ele fique mais tranquilo quando estiver em casa.

Para quem é bom?

  • Os serviços dos Dog Walker é indicado para donos que moram em apartamentos ou que não têm tempo suficiente para fazer longos passeios diariamente.
  • Para idosos, que tem limitações de acompanhar o peludinho nos passeios e brincadeiras.
  • Além disso, quando você vai viajar e não pode levar seu cão, um passeador de cães pode fazer seu amigão se sentir melhor, passeando e brincando com ele enquanto você está fora.
 
Deixe um comentário

Publicado por em 20 de julho de 2012 em Passeio

 

Tags: , ,

Parques para cães em São Paulo

Sabemos que o passeio com o cachorro é muito importante e essencial (veja aqui). Mas assim como os humanos, passear sempre pelos mesmos lugares pode ser chato para o cão. Ele já sabe quem vai ver, que cheiros vai sentir e quando vai voltar para casa. Por isso, parques são uma ótima opção para que você e seu amigão saiam da rotina, conheçam novos donos e seus cães e se divirtam.

Siga O Mundo Cão no twitter

Abaixo tem uma listinha com os parques que aceitam animais em suas dependências.

Centro: Parque da Luz – Zona Sul: Parque Alfredo Volpi, Parque da Aclimação, Parque da Independência, Parque do Ibirapuera, Parque do Povo, Sítio da Ressaca, Parque Nabuco – Zona Norte: Parque da Juventude, Praça Lions Clube (Tucuruvi) – Zona Oeste: Parque Anhanguera, Parque Buenos Aires, Parque Tenente Siqueira Campos (Trianon), Parque Villa-Lobos – Zona Leste: Parque do Carmo

Conheça os parques:

Parque da Luz

parques que aceitam cãesAceita animais acompanhados de seus proprietários e conduzidos com coleira e guia.

Funcionamento: O parque funciona diariamente das 9h às 18h.

Endereço: Praça da Luz s/n – Bom Retiro (Veja no mapa)

Parque Alfredo Volpi

parques para cães spAceita animais acompanhados de seus proprietários e conduzidos com coleira e guia.

Funcionamento: O parque funciona diariamente das 7h às 19h.

Endereço: Rua Engenheiro Oscar Americano, 480 – Cidade Jardim / Morumbi (Veja no mapa)

Parque da Aclimaçãoparques para cães spPara circular com o seu cachorro é necessário o uso da guia. O parque conta com bebedouros especiais para os cachorros.

Funcionamento: O parque funciona diariamente das 6h às 20h.

Endereço: Rua Muniz de Souza, 1119 – Aclimação (Veja no mapa)

Parque da Independênciaparques para cãesÉ permitida entrada de cães, que podem circular livremente. Lembre-se de manter o seu animal identificado.

Funcionamento: O parque funciona diariamente das 5h às 20h.

Endereço: Av. Nazareth, s/n – Ipiranga (Veja no mapa)

Parque do Ibirapueraparques pra cães spOs cachorros podem andar pelo parque conduzidos com coleira e guia. Existe uma área (próxima ao portão 6) chamada popularmente de ‘cachorródromo’, onde peludinhos podem brincar à vontade. A área não é cercada.

Funcionamento:O parque funciona diariamente das 5h às 0h.

Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/n (portões 2, 3 e 10) / Av. IV Centenário (portões 6 e 7A) / Av República do Líbano (portão 7) (Veja no mapa)

Parque do Povoparques para cães spAceita animais acompanhados de seus proprietários e conduzidos com coleira e guia. Existem bebedouros para cachorros.

Funcionamento: O parque funciona diariamente das 7h às 19h.

Endereço: Avenida Henrique Chamma, s/n – Chácara Itaim (Veja no mapa)

Parque da Juventudeparques para cães spAceita animais acompanhados de seus proprietários e conduzidos com coleira e guia.

Funcionamento: Área central: segunda a domingo, das 6h às 21h30.

Endereço: Parque Central: Avenida Ataliba Leonel, 500 – Santana (Veja no mapa)

Praça Lions Clube (Tucuruvi)parques para cães spAceita animais acompanhados de seus proprietários e conduzidos com coleira e guia.

Funcionamento: O parque funciona diariamente das 7h às 18h.

Endereço: Rua Padre Leopoldo Brentano, 9 – Tucuruvi (Veja o mapa)

Parque Anhangueraparques para cães spAceita animais acompanhados de seus proprietários e conduzidos com coleira e guia.

Funcionamento: O parque funciona diariamente das 6h às 18h.

Endereço: Avenida Fortunata Tadiello Natucci, 1000 (km 24,5 da Via Anhanguera) (Veja no mapa)

Parque Buenos Airesparques para cães spOs cachorros podem andar pelo parque conduzidos com coleira e guia. Existe um ‘cachorródromo’ cercado, onde cães podem ficar livres.

Funcionamento: O parque funciona diariamente das 7h às 19h.

Endereço: Avenida Angélica, s/n – Higienópolis (Veja no mapa)

Parque Tenente Siqueira Campos (Trianon)parques para cães spAceita animais acompanhados de seus proprietários e conduzidos com coleira e guia.

Funcionamento: O parque funciona diariamente das 6h às 18h.

Endereço: Rua Peixoto Gomide, 949 / Av. Paulista s/n (Em frente ao MASP) – Cerqueira César (Veja no mapa)

Parque Villa-Lobosparques para cães spPossui vários bebedouros para cachorros, além de um ‘cachorródromo’. Cachorros podem circular pelo parque utilizando coleira e guia. Aos sábados das 15h às 17h há aulas gratuitas de adestramento, agility e handler próximo ao anfiteatro, para participar é necessário levar a carteirinha de vacinação do animal.

Funcionamento: O parque funciona diariamente das 6h às 18h.

Endereço: Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001 – Alto dos Pinheiros (Veja no mapa)

Parque do Carmoparques para cães spAceita cães, sempre conduzidos com coleira e guia.

Funcionamento: O parque funciona diariamente das 5h30 às 18h.

Endereço: Avenida Afonso de Sampaio e Souza, 951 – Itaquera (Veja no mapa)

Centro Cultural Jabaquara – Sítio da Ressaca

parques para cãesCães de porte pequeno e médio podem circular livremente. De porte grande e gigante devem ser conduzidos com coleira e guia.

Funcionamento: Segunda e quinta-feira das 8h às 17h – Terça, quarta e sexta-feira das 8h às 22h – Sábado e domingo das 9h às 18h.

Endereço: Rua Arsênio Tavolieri, 45 – Jabaquara

Parque Nabucoparques para cachorrosAceita cães, sempre conduzidos com coleira e guia.

Endereço: Rua Frederico Albuquerque, 120 – Cidade Ademar

Funcionamento: diariamente das 6h às 18h

Lembrando que Mastim Napolitano, Pit Bull, Rottweiller, American Stafforshire Terrier e suas variações devem usar focinheira, obrigatoriamente.

Você conhece algum parque que não foi sitado aqui neste post? Comenta aí e eu atualizo!

 
4 Comentários

Publicado por em 17 de julho de 2012 em Passeio

 

Tags: , ,

Levando seu cão para viajar

Levar um animal para viajar não é simples. Há procedimentos para o bem estar do bichinho e também há regras e leis a serem cumpridas pelos donos. Achei umas dicas e compartilhei na Atrápalo – confira aqui.

Siga O Mundo Cão no twitter

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de julho de 2012 em Dicas, Obrigações e leis, Passeio

 

Tags: ,

Ensinando seu cão a passear na coleira sem puxar

A cada dia é mais difícil sair com a Madona, que está pesando 80kg. Ela não pode pensar em ir pra rua que fica louca. Dia desses até subiu num carro por causa de um cachorro que estava atrás, por isso corri atrás dessas dicas e vou ver se adianta. Bora tentar =)

Siga O Mundo Cão no twitter

dicas de adestramento - passear

1. Você deve usar uma coleira desta mais comum de couro ou nylon. Eu não recomendo enforcadores nem aquelas coleiras com os pinos que apertam o comportamento de puxar e só provocam dor no animal. Também não recomendo coleiras peitorais. Elas incentivam mais ainda a puxar, por exercer a pressão sobre o peito do cachorro. É assim que cães que puxam cargas ou trenós são amarrados.

2. Antes de sair para passear com seu cachorro, brinque com ele no quintal ou dentro de casa mesmo. Jogue uma bolinha de tênis para ele ir buscar para você, ou qualquer outra atividade física intensa. Assim você dá uma canseira nele e quando vocês forem sair ele vai estar um pouco menos agitado. Dependendo da agitação do seu cachorro, você deve dar uma canseira de até uns 30 minutos nele. Tente fazer deste momento, um momento de se divertir com ele, de fazer uma boa farra e fortalecer a amizade entre vocês.

3. Um erro que cometemos com muita freqüência é deixar o cachorro super excitado na hora que ele vê a coleira. Muita gente começa a dizer “Vamos passear, Chico. Vamos, vamos, vamos passear” excitando o cachorro e ele fica super excitado pulando para todo lado e só vai ficar mais difícil de contê-lo quando você estiver na rua. Então vamos tentar fazer essa hora de sair um momento tranqüilo, você coloca a coleira e a guia no seu cachorro dentro de casa ou no seu quintal e deixe ele solto um pouco com a coleira, por exemplo enquanto vocês ainda estão brincando de bolinha. Assim ele se acostuma a ficar com a guia em casa e não vai ficar super excitado toda vez que você mostrar a guia para ele.

4. Ofereça uma água a ele antes de sair e, se possível, também durante o passeio.

5. Procure um lugar sem muitas distrações para este exercício. Se a sua rua for muito movimentada, com pessoas e outros cachorros passando vai ser mais difícil para ele se concentrar. Neste caso leve ele de carro a algum lugar mais tranqüilo para estas primeiras aulas. Vai ser muito mais fácil desta maneira.

6. O exercício é muito simples. O seu objetivo é que seu cachorro passeie ao seu lado, acompanhando você sem puxar a coleira. Ou seja, a coleira deve estar frouxa o tempo todo e não esticada pois ele está puxando. Escolha um lado e saia passeando, digamos para a direita. Assim que ele começar a puxar, você dá meia volta e muda de direção, indo para a esquerda. Agora ele está atrás de você, ajuste seu passo para que vocês dois caminhem lado a lado. Provavelmente ele vai começar a puxar de novo. Você vira-se de novo e volta a andar para a direita. E assim por diante.

7. Enquanto ele estiver andando ao seu lado sem puxar a coleira (com a coleira frouxa), elogie-o e dê-lhe algum petisco. Continue caminhando e elogiando enquanto ele não puxar.

8. Você está mostrando ao seu cão que puxar não vai levá-lo aonde ele quer. Toda vez que ele puxa querendo ir para a direita, você vira para a esquerda e vice-versa. Com o tempo ele vai aprender que caminhar ao seu lado sem puxar é o que vai fazer todos felizes.

Fonte: http://www.adestramentodecaes.com

 
1 comentário

Publicado por em 1 de março de 2012 em Adestramento, Passeio

 

Tags: , , ,

Cãominhada em São Bernardo

A 3ª edição do Cãominhada acontece amanhã, dia 27 de novembro, em São Bernardo do Campo/SP.

O encontro pretende reunir mais de mil peludinhos junto com seus donos para homenagear o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência.

Vai rolar na Av. Kennedy, 1155 das 8h às 12h. O ponto de encontro será no estacionamento do Ginásio Poliesportivo.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de novembro de 2011 em Dicas, Passeio

 

Tags: ,

Cuidados ao passear de carro com o cachorro

A maioria dos cachorros adora ficar com a cabeça para fora do carro, mas não pode. Além do risco de ocorrer acidentes, o vento forte produzido pelo movimento do automóvel afeta a lubrificação dos olhos do animal, o que pode causar infecções futuras. Então nada janela aberta.

Siga O Mundo Cão no twitter

Alguns cães podem sentir medo, calor ou enjoo durante o passeio. Para evitar isso, procure não passear de carro depois de o cão ter feito sua refeição, pois as curvas e o balançar do veículo o deixa enjoado. Brinque com ele no caminho (a não que você esteja sozinho) e se ele latir, tente entender o porquê. Pode ser porque ele quer fazer xixi ou cocô, aí você deve descer com o cão um pouquinho para ele aliviar. De qualquer forma, tente sempre acalma-lo e nunca brigue com ele, porque se não ele não vai mais querer sair de carro com você. Deixe o ar-condicionado ligado para que ele não se sinta sufocado e com calor.

Lembre-se de prender seu amigão com cinto de segurança. Há também cadeirinhas específicas para cães de pequeno e médio porte ser transportados, além das caixas de transporte, ótimos para viagens longas.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de outubro de 2011 em Passeio

 

Tags: , ,

 
%d blogueiros gostam disto: